...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

sábado, 13 de novembro de 2010

Evoluindo

Ja desejei estar em Marte ou quem sabe na lua pra não ter que conviver com essa maldade gratuita que muitos  insistem em desejar para os outros. Não que eu seja boa o suficiente, na verdade não sou nem a mim mesma, pois eu sou a maior causadora de dores para a minha vida, inconscientemente ou não, o fato é que nessa vida colhe-se o que se planta, e hoje mais do que simples frase de efeito, vejo isso como grande verdade, deve ser porque a minha colheita não tem sido muito agradável. 
Sei que errei em confiar em quem não devia, em fazer o que eu não queria e em magoar quem não merecia, mas quando conseguimos ver o que está errado, podemos olhar pra frente e fazer o que é certo e é isso que desejo fazer agora.
Ilusões, desilusões, decepções, são coisas que desejo deixar guardadas no passado, a vida real nem sempre é engraçada ou divertida, porém é o que temos, então precisamos fazer o nosso melhor, às vezes ganhar, às vezes perder, mas sempre procurando tirar algum proveito disso, algo que nos faça crescer. Esse é o caminho da evolução, um passo de cada vez, um dia após o outro.
Postar um comentário