...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Vida inteligente na madrugada


Não deveria ser, mas é estranho como pessoas dão preguiça às vezes. Difícil demais se relacionar com esses seres "perfeitos". Tô quase achando que o problema sou eu mesmo, vai ver eu tenho o tal rei na barriga, credo! Será que foi a luta que sempre travei pra defender as minhas verdades que me levou a isso? Pode ser que sim, ou não. Essa relatividade toda me deixa exageradamente confusa. (Vou dormir que eu ganho mais)
Postar um comentário