...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Fazer o que se  nunca aprendi como dosar o amor,  tudo é muito intenso, do tipo: Se é pra amar que seja ao máximo, que seja sempre, todo dia, toda hora, sem fracionar. Afinal de contas, se fosse pra limitar, não precisaria ser dois, apenas um bastaria. Mas existem duas pessoas nessa relação, eu e você e eu te preciso aqui comigo. 
Postar um comentário