...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Quem é mais sentimental que eu?


Essa vida de ser sentimental demais ainda vai levar a gente pro buraco. Até aí nada de novo, não fosse a minha aparente e talvez evidente vocação para o drama.
Pessoas insensíveis me causam dor e isso não é drama, é dor e dor não se mede, nem se julga ou dimensiona, apenas se sente. Tem gente que não sente, eu sei, mas isso é uma outra história. História para um próximo capítulo.
Postar um comentário