...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

A gente lê Caio Fernando, Clarice Lispector e outros escritores e se reconhece acreditando que são eles que têm a cura pra dor. Podem até ajudar, Mas nesse poço que a gente adora pular de vez em quando, só cabe nós mesmos. Melhor ser esperta e ajudar outras pessoas a gostar da gente. Nem Caio, nem Clarice vão nos ajudar. O problema é meu. Tenho que resolver e toma conta do coração pra não se esfolar de novo.
Dores vão e vem, mas enquanto tiver um sorriso no meio do caminho, um ombro pra encostar, uma piscada pra esquecer, um céu azul, uma janela aberta e um amanhecer de primavera você vai querer se reerguer e ver que quem perdeu não foi você! Aprenda, alguns sorrisos recebidos na vida não foram feitos pra lembrar. Foram pra guardar. No coração!
Postar um comentário