...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Se é pra falar de amor...


Todas as certezas que tinha foram transformadas em um dia a mais. Duas vidas que se chocam, se acidentam e se quebram, porém uma sem a outra é trânsito parado em plena avenida Paulista. Há coisas que não se explicam apenas se sentem, por mais clichê isso possa parecer, continua sendo uma daquelas verdade que permanecem intactas. E o que mais dizer, senão um EU TE AMO.
Postar um comentário