...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Releve


Talvez eu não seja essa pessoa que vocês esperam que eu seja, ou melhor, definitivamente eu não sou essa tal pessoa.
Por aqui são só fragmentos de seres inacabados tentando se encaixar em algo que ainda não existe.
Devaneios, loucuras, cervejas e uma imaginação que é grande demais pra ficar rotulada numa coisa só. Você pode não (me) entender, tudo bem, nem eu entendo, é que ainda não conseguiram explicar coisas e seres inexplicáveis. 
Arrogância, auto-confiança, excesso de coisa qualquer?
NÃO. É falta mesmo.
De quê?
De coisa qualquer ou qualquer coisa. 

Postar um comentário