...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

sábado, 7 de janeiro de 2012

Triste


Talvez, se fosse eu no seu lugar tivesse feito o mesmo, mas do lado de cá isso me parece egoísmo. A sensação que dá é que ninguém se importa e o pior, você não se importa. Ah, mas que tola ingenuidade a minha imaginar ou ainda esperar que alguém se importe. Daí vem aquela voz, acorda menina! Que parte do: "Cada um por si" você não entendeu? E então, depois desse bombardeio de realidade, volto a pensar como sempre pensei: o egoísmo prevalece.
Quem sabe eu mude de idéia, já que sou tão inconstante, ou quem sabe eu fique bem, mas por hora tudo o que sinto se resume em raiva e algumas gotas de sal que escorrem pelo meu rosto.
Postar um comentário