...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Sinto muito


Até escrever tem se tornado difícil. Pensamentos desorganizados, problemas que insistem em aparecer, pessoas que insistem em me incomodar com seus descontroles, como se já não bastassem os meus. 
Sei que às vezes não sou compreendida, causo estranhesa nas pessoas, tenho uma porção de defeitos, mas eu nunca quiz ser normal e muito menos perfeita. Engana-se quem pensa que assim o é. Tenho perfeita consciência dos meu erros e acertos e as vezes que errei, o fiz tentando acertar e sempre agindo com o coração, talvez seja esse órgão tão vital que me atrapalha. Até gostaria de ser mais razão e menos emoção, mas o fato é que sinto, sinto muito, sinto tudo e sinto de maneira amplificada todos os acontecimentos que vivo e por conta disso fica até difícil exprimir em palavras, mesmo que escrita, tanto sentimento.
Postar um comentário