...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

sábado, 8 de janeiro de 2011

É impossível aprisionar os que tem asas


Como é difícil viver e conviver com esses animais "ditos" racionais.
Quando penso que acerto, erro. Quando me parece errado logo a surpresa, tava certo. Nessa confusão toda, que mais parece um problema aritmético sem resposta, o que sobra é decepção, frustração, culpa, etc...
A idéia nem seria acertar ou agradar a todos sempre, pretenção minha seria se assim eu pensasse, pois é muito bem sabido por todos que isso seria impossível. Apesar disso, parece haver pessoas o tempo todo esperando perfeição uma das outras, cobram tanto, julgam tanto, algumas até querem que a outra pessoa seja ele próprio, como aceitar isso?
Pessoas não são metades que se completam e sim partes inteiras que se complementam. não posso esperar e nem devo, que as pessoas sejam como eu quero, isso seria muito egoísmo, não devo querer que ajam de acordo com minhas vontades. Pessoas são únicas, no mais fiel sentido da palavra, tem vontades próprias, qualquer um que tente moldar um ser humano, sairá frustrado.
Eita tarefa difícil essa de viver em sociedade!
Postar um comentário