...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

terça-feira, 30 de março de 2010

Pra você!

Ando meio sem idéias...
Dizem que quando se sofre por amor é mais fácil escrever, então vai ver é isso.(Num tô sofrendo)TÔ AMANDO! ... E eu aque achava que ja estava imunizada dessa doença, eu que tomei doses cavalares de decepções e frustrações, cá estou, apaixonadamente apaixonada como uma adolescente, exalando pelos poros muito amor e felicidade.
É certo que já não me iludo tão facilmente, porém confesso que a razão nunca foi meu forte.
Aqui sempre bateu um coração sedento de AMOR, um coração que comanda não só o sistema fisiológico, mas também minha vida, meus atos, meus acertos e meus erros.
Desejo profundamente acertar, porém se não acontecer, valerá os momentos felizes vividos até agora e os não tão felizes, servirão de aprendizado, mais uma vez!
Postar um comentário