...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Coração Vagabundo

Hoje quero falar sobre esse nosso órgão do corpo humano, tão importante e tão ordinário que muitas vezes é responsável pelas maiores tristezas... vai entender né! Um órgão vital para o bom funcionamento de nosso corpo e ao mesmo tempo tão traidor. Coitado! e ele é quem leva a culpa por nossas mazelas, como diz uma dessas comunidades do orkut: "Troco meu coração por um fígado" rsrs... quisera eu poder fazer essa troca, talvez fosse mais útil pois pelo menos assim, poderia afogar minhas mágoas sem ter a ressaca do dia seguinte, aliás essas mágoas parecem ter vida própria e se recusam a morrer afogadas. Eita coração vagabundo!! (Já disse Caetano).
Só pra constar, nem to escrevendo isso porque to sofrendo ou coisa parecida, apenas sinto que talvez fosse melhor se não existisse esse sentimento que nos prende a outras pessoas, isso me parece dependência ou será que é um mal necessário? Bem não sei ao certo, só sei que eu queria ser mais auto suficiente nesses assuntos.
Postar um comentário