...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Não sei se é físico, químico, orgânico, mas de repente as cores perderam a cor. O céu parece ter ficado cinza sem que houvesse sinais de chuva. O que está acontecendo?
Está tudo tão tumultuado que o melhor a fazer parece ser esperar.
O problema é que até pra esperar é preciso planejar.
Esperar pelo quê?

Postar um comentário