...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

É o que basta

Talvez eu esteja mesmo enganada e talvez eu seja mesmo só mais uma sonhadora que insiste em viver fora da realidade. 
Talvez eu deva mesmo me contentar com o ordinário, com o cotidiano, com a rotina que tantas outras pessoas estão acostumadas.
Porém, eu não sou como todo mundo.
Desculpe, mas eu não sou todo mundo, eu sou menos, eu sou só eu.

Postar um comentário