...


Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando. Até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

terça-feira, 2 de março de 2010

Fim da Novela

Depois de tantos capitulos, tantas idas e vindas, acabou. É assim que é... A roda gira, gira, gira e nunca sabemos onde vai parar. Nem sempre (ou nunca) temos o controle, o que antes era colorido agora perde a cor, tudo cinza. Não dá pra ser feliz cercado de cinzas.

Só quero que fique bem, e eu também! Sem mágoas ou recentimentos, amigos, talvez coloridos, depende da situação, não falo de sexo, pois esse apesar de ser bom, não tem o papel principal nessa trama, então falo de carinho, beijinho e aquele cafezinho que sempre apaziguou a situação (perdoem a rima infame) mas valeu a intenção. rsrs.

Postar um comentário